O GMAT (Graduate Management Admission Test) é um exame que mede diferentes aptidões, relevantes para a admissão num MBA (lato-sensu) ou num mestrado em negócios (stricto-sensu).

A prova é pré-requisito nos applications das principais escolas de negócios do mundo e é atualmente realizada em computadores espalhados em 650 centros presentes em 114 países.


A estrutura do GMAT

Tempo # Questões Pontuação
Verbal 65 min 36 6 à 51
Quantitative 62 min 31 6 à 51
Analytical Writing Assessment (AWA) 30 min 1 0 à 6
Integrated Reasoning (IR) 30 min 12 1 à 8


O GMAT tem aproximadamente 3.5 horas de duração, inclusos dois intervalos opcionais de 8 minutos cada. (Saiba mais!) A nota final máxima é 800 e deriva das seções Verbal e Quantitative, que são pontuadas em separado antes de gerarem uma nota conjunta.

A ordem de realização das 4 seções é flexível, visto que o(a) candidato(a) pode escolher dentre algumas opções também oferecidas em simulados oficiais (dois deles gratuitos). Sugiro a ordem acima (ou apenas trocando Verbal e Quantitative), pois AWA e IR têm notas em separado menos importantes. (No meu caso, ao começar com o Quant eu sentia queda de produtividade nos textos do Verbal.)


Competências exigidas

Verbal :: gramática, interpretação de textos, lógica e raciocínio crítico

Quantitativo :: parte da matemática do Ensino Médio brasileiro e, principalmente, maturidade quantitativa

AWA :: pensamento crítico e capacidade de estruturar e comunicar ideias e argumentos em inglês

IR :: capacidade de análise de dados presentes em tabelas, gráficos e diagramas

Importante: o curto tempo médio exigido por questão requer competência na gestão do tempo e boa concentração por longos períodos. O método GMATH foi desenvolvido para ampliar sua maturidade quantitativa e também o seu timing e stamina.


Teste adaptativo

O GMAT é um exame computer-adaptive i.e., que escolhe as questões seguintes em função do desempenho do(a) aplicante nas anteriores: estatisticamente falando, metade dos candidatos acertam a primeira questão e, a partir disso, o "caminho percorrido" pelo(a) candidato(a) é função de seu desempenho durante todo o exame.

Considerando o modelo matemático (divulgado e) adotado pelos examinadores (Item Response Theory), nota-se que as primeiras questões têm papel fundamental na "construção da imagem do candidato": durante o GMAT, a capacidade de alterar substancialmente sua nota é decrescente. Ainda assim, o parecer oficial é claro: todas as fases da prova são relevantes na pontuação, donde responda todas questões com seriedade e no tempo-limite.

Ainda que não exista um oficial disclosure em relação ao peso de "errar" versus "deixar em branco", aplicantes fazem "smart guesses" evitando terminar o tempo com exercícios faltantes. O working knowledge desenvolvido nos cursos da GMATH viabiliza o témino da seção quantitativa do GMAT com confiança e dentro do tempo.


Curiosidades (Fonte: www.mba.com)

  • 1. Aproximadamente 9 a cada 10 MBA applications requerem o GMAT.
  • 2. Cerca de 200,000 candidatos realizam anualmente o GMAT (média dos anos mais recentes).
  • 3. Estima-se que 7,000 MBAs e mestrados em negócios utilizam o GMAT como parte do processo seletivo.


Filipe Gerude (Lisbon MBA candidate)


Siga a GMATH no LinkedIn, YouTube, Facebook e Instagram:

  • simulado GMAT
  • aluno GMAT
  • curso GMAT